A metodologia LIGA

A metodologia LIGA
Redação Liga | 15/02/2021

Tudo começou com uma conversa

A metodologia da Liga foi desenvolvida da mesma maneira que acreditamos que todo conhecimento deve ser ensinado: de forma colaborativa.

Qual é a visão do educador? Qual é a expectativa dos estudantes? Qual é a necessidade das empresas?

Começamos a estudar a educação formando grupos de estudos para ouvir todas as partes. E percebemos que nenhuma delas tinha as suas necessidades realmente atendidas.

O lado bom é que é muito mais fácil mudar algo quando está ruim para todo mundo.

A mesma educação dos nossos avós.

A primeira percepção que tivemos era a mais óbvia de todas: as aulas eram basicamente iguais há 50 anos.

Pouca coisa mudou na educação. Já o mercado de trabalho vem se transformando a cada momento em uma velocidade cada vez mais rápida.

Estamos diante não só da oportunidade de mudar a educação, mas da necessidade imediata de mudar o jeito como formamos profissionais.

Aprendizado baseado em projetos.

A metodologia da Liga tem o foco na participação dos alunos, em construir uma sala de aula colaborativa, com fases bimestrais de entrega.

Com a metodologia da Liga, o estudante desenvolve competências. E o educador passa a ser uma ponte para o mercado de trabalho ao ensinar as habilidades que o estudante vai precisar na prática.

Isso é aprendizado significativo.

Assim o estudante aprende com um propósito. Ele resolve problemas reais, ganha autoconfiança e sente a sua evolução profissional acontecer todos os dias.

Como ensinar para uma geração que sabe buscar as respostas?

A nova geração escolhe não só o conteúdo que ela quer assistir, mas também a forma como consome e como compartilha.

Ela tem a informação na palma da mão. Cursos no Youtube, acesso ao Whatsapp, diversas plataformas de ensino e tantas outras formas que surgem a cada dia.

Por isso, foi necessário não só mudar a estrutura das salas de aula, mas também encontrar uma maneira de complementar a experiência real e levar para o mundo digital.

Não como os modelos tradicionais, com videoaula e só.

A Liga é uma multiplataforma onde o aluno trabalha e desenvolve os projetos reais e constrói um currículo em tempo real com as competências adquiridas.

Só uma educação do futuro vai salvar as pequenas e médias Instituições de Ensino.

O ensino à distância dos grandes grupos está acabando com as pequenas e médias Instituições de Ensino.

E isso é ruim para os alunos, que perdem um ponto de encontro de ideias, e ruim para a economia local, gerando desemprego.

A Liga oferece os produtos educacionais, desenvolvidos, testados e comprovados, para quem vai ter dificuldade em construir do zero. Transformando aquela Instituição de Ensino tradicional em uma Universidade moderna e capaz de competir de igual para igual com os grandes grupos.

voltar